Canção de Pedro…


Canção de Pedro

Ainda me lembro quando vieste aqui,
Sentaste a mesa e partiste o pão,
Dizendo coisas que eu não entendia, e dizia “não”…
E fiz promessas de jamais faltar,
Andar contigo, te acompanhar;
Mas quando foste ao monte em meu lugar,
o primeiro fui a te negar…

Ainda me lembro… o tom da Tua voz,
Quando lavaste aos pés de todos nós,
E o teu olhar dizia que um dia eu ia entender;
Mas não podia nem imaginar,
O sofrimento que te vi passar
Quando subiste ao monte em meu lugar,
Mesmo sem merecer…

E hoje aqui, Tu vens a me dizer
Que nada importa tudo o que passou;
E me convidas a andar contigo,
Me aceitas como sou…
Se o Teu rebanho vens me confiar,
Tudo o que tenho quero te entregar
A minha vida é tua:
Nunca mais eu quero te deixar…

Esta letra é do meu amigo Adriano Estevam. Foi musicada por ele mesmo e por Joe Edman em 25.07.1996, quando ainda éramos adolescentes.

Perdoar é algo típico do ensino do Cristo de Deus.

Mas confesso que tenho dificuldade de ver com os mesmos olhos alguém que tenha me traído ou descepcionado.

A proposta do perdão é profundamente difícil de ser cumprida, embora seja possível (e preciso!) tê-la como pano de fundo para a existência.

Li um pensamento que afirmava que, na cena do pátio, quando Pedro acabara de negar a Cristo, O Senhor estava aprisionado fisicamente mas livre o coração e que seu olhar para Pedro já era, imediatamente, um olhar de amor.

Pedro, por sua vez, encontrava-se extremamente preso em suas dores existenciais ainda que civil e militarmente livre.

Que coisa tremenda!

Eu quero poder viver – viver muito – isso tudo.

Parabéns, meninos!

A música é linda! Tem consistência bíblica – tão rara nas produções de nossos dias.

Foto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.