Claridade e luz.

“E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.” (João 3:19 – Bíblia Sagrada).

É na luz que se vê a verdade.

Na claridade é que se pode perceber

As falhas, a ilusão, os equívocos.

Acomodar-se à escuridão

É justamente optar por continuar em trevas.

É opor-se à claridade, à visão acurada que indicaria o melhor caminho.

Ao menos daria luz à existência

Poupando os pés

De feridas que poderiam ser evitadas.

Optar pela escuridão é adotar a mentira como estilo de vida.

Seguir na inverdade.

A penalidade de quem escolhe a escuridão

É justamente andar vacilante.

Errante.

Machucando seus próprios pés.

E os pés dos outros.

“Se os olhos forem bons

Todo o corpo será bom

Se a luz que há

For trevas

Quão grandes serão essas trevas.”

Os dias de maio podem até ser claros

A vida inteira, não.

Foto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.