Tristeza


Como num dia triste
A gente peca, desfaz promessa
Arranha a aliança e desconversa
O que era forte – mais que a morte
Se desconstrói.

Como manhã chuvosa
Noite escura, céu sem estrela
Riso forçado
A gente esquece o que alegrava o coração

Cristo, meu doce amigo
Sugere a calma
A tolerância, a esperança – força na dor.

Mostra o caminho
Que recupera, que dá alento
Aponta um norte e muda a sorte
Do existir.

2 pensou em “Tristeza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.