Morre Fernando Fernán Gómes


O ator, cineasta e escritor Fernando Fernán Gómez morreu na tarde desta última quarta-feira, aos 86 anos de idade, no hospital de La Paz de Madri, depois de sofrer uma insuficiência cardio-respiratória que o manteve internado quase um mês na unidade de Oncologia.

Fernán Gómez é uma das grandes figuras espanholas, um gigante da cultura!

Membro da Real Academia Espanhola, recebeu, dentre outros galardões, o prêmio de Príncipe de Anturias das Artes, os Prêmios nacionais de Cinema e Teatro, Medalha de Ouro da Academia de Cinema e cinco Goyas, a máxima quantidade destes galardões, acumulados por nenhuma outra figura do cinema espanhol.

Nascido em 28 de agosto de 1921 em Lima, durante uma turnê que sua mãe, a atriz Carola Fernán-Gómez realizava pela América Latina, foi registrado no Consulado de Buenos Aires, e conservou a nacionalidade argentina até 1984, quando se nacionalizou espanhol.

Protagonista de quase 200 filmes, diretor de mais de vinte, escritor e acadêmico da Língua, em sua filmografia figuram títulos como
O inquilino, A Vingança de Don Mendo, Mamãe Fez Cem Anos, A Língua das Mariposas, O Avô,
Tudo Sobre Minha Mãe etc.

Obs.: Este texto do El Paíz foi traduzido e adaptado por Ieda Sampaio.

Fernán Gómes é considerado o grande homem do cinema e do teatro espanhol da segunda metade do Século XX.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.