Dores

Outro dia eu li um blog muito interessante.

Acreditem! A moça (que é brasileira e mora nos Estados Unidos) teve coragem de escrever uma página inteira, todinha sobre Fibromialgia!

O meu limite é: não quero que as pessoas tenham pena de mim e me vejam como uma coitadinha.

Dói. Dói muito! Todos os dias e em lugares diferentes.

Já que eu não tenho coragem de blogar sobre isso, vou tentar fazer um diário relatando aqui o que sinto e tentar registrar onde dói e outras coisas mais…

Eu só sei que nunca – nunca – vou publicar isso.

Dia 14.08.06.

Hoje eu dormi a noite inteira. Ontem passei a noite com meu namorado e ele sempre me faz muito bem. (Esse texto tá parecendo uma pessoa que conheço. Rs.).

Acordei com dores nos ombros, nas costas e hoje senti dor na ponta dos dedos. Nunca a senti. Muito interessante como isso vai se difundindo por todo o corpo…

Sinto umas dores agudas no quadril direito. Meu ortopedista pensa que é da Fibromialgia mesmo.

Eu tento fingir que está tudo bem e estou quase sempre maquiada. Arrumadinha. Perfumada…
Quem me vê agora pensa que está tudo muito bem. Quase não dá pra crer que alguém que sorria tanto e faça tantos movimentos sinta dor vinte e quatro horas por dia. Mas é melhor terem essa imagem de mim.

Eu…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.